A Jornada do Herói Relutante – Script de Narrativa

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

A figura central de praticamente qualquer história.

O herói relutante ou em alguns casos o herói trágico é o que muitos chamam simplesmente de herói ou protagonista. Porém estas duas definições costumam ser limitadoras e pouco precisas.

O herói relutante tem muitos papéis em apenas um.

Seu primeiro papel é o que seu próprio nome diz. Ser alguém destinado a algo ou obrigado a algo, porém, ele reluta, ele teme sair de seu “lugar de conforto”, sua vida estática. muitas vezes se aventurar não está nem nunca esteve em seus planos, e em alguns casos ele é um indivíduo medíocre na mais pura definição da palavra, pelo menos em aparência. Ele só sai desta estática devido a um fato trágico, uma força maior ou qualquer coisa do tipo, mesmo depois dos avisos constantes do Mentor.

Seu segundo papel é o de servir de modelo para a ignorância do leitor/expectador. Ele em geral não entende as regras ou o funcionamento do próprio universo em que está inserido ou o universo em que futuramente será inserido. Alguém irá explicar ao herói relutante quais são as regras do mundo, a profecia que anunciou seu nascimento e as circunstâncias em que o vilão ascendeu ao poder. Isto é um recurso de narrativa para que a audiência se situe, entenda quais as regras, e caminhe meio que no escuro junto com o herói.

Em terceiro o herói é o descobridor de segredos. Alguns mistérios só são revelados no futuro, dependem da evolução e maturidade do herói. Ao mesmo tempo, como mais um recurso de narrativa, faz com que o leitor também assimile os mistérios aos poucos, tendo tempo para a assimilação e aceitação por meio da audiência, de forma gradual e que eles peçam bis.

E por fim o herói deve sofrer as agruras provenientes de sua jornada, a dificuldade de manter os amigos e enfrentar os inimigos, como forma de estar pronto para sua luta definitiva com seu nêmesis, a descoberta do segredo definitivo, a libertação de seus pares da tirania ou todas estas coisas juntas.

Exemplos de herois mutantes:

Luke Skywalker: Se considerava um simples fazendeiro de Tatooine, apenas gostando de certas transgressões como pilotar speeders e sonhando um dia poder singrar o espaço com uma nave. Mesmo com os avisos de Obi Wan Kenobi da origem jedi e de que Luke deveria fugir ele se mantém no lugar até que seus tios são mortos pelos soldados do Império. Através de Luke conhecemos as diferentes raças, as facções que lutam pelo universo e também ele serve como fator explicador, uma vez que é um aprendiz, de como funciona e as características da Força e da ordem jedi.

Frodo Bolseiro: Que herói melhor para explicar um universo, sofrer as intempéries de um mundo que quase não compreende e ser tentado por forças superiores do que alguém de uma raça conhecida por não se aventurar e que permaneceu isolada e incólume ao sofrimento que se abateu sobre as demais terras? Frodo não só representa a perda da inocência durante tempos de guerra, como representa a capacidade do homem comum em se superar por um bem maior. Claro também demonstra como geralmente os mais puros e obstinados estão mais propensos a tentação.

Derfel Cadarn: Personagem principal da série Crônicas de Arthur de Bernard Cornwell, Derfel (pronuncia-se Derfel) além dos papeis citados acima, ele tem uma perspectiva única alcançado por poucos heróis. Como tem um posto de nobre baixo, general, ele tem uma visão afastada e objetiva, tanto da plebe a quem convive no campo de batalha, quanto da nobreza de quem recebe ordens e aconselha. Assim ele é seu próprio fator explicador, porque além de tudo ele também é o narrador da história anos mais tarde.

No próximo artigo: O Mentor, mais do que apenas um amigo do He-man, uma figura importante que compõe as narrativas ocidentais.

 

[/vc_column_text][vc_row_inner][vc_column_inner width=”1/2″][tek_sectiontitle st_title=”Confira também o Infográfico dessa narrativa.” st_title_tag=”” st_subtitle_decoration=”” st_separator_enable=”separator_off” st_text_align=”text-center” st_width=”st_fullwidth”][/vc_column_inner][vc_column_inner width=”1/2″][vc_empty_space height=”52px”][tek_button button_text=”INFOGRÁFICO DA NARRATIVA – CONFIRA” button_link=”url:http%3A%2F%2FINFOGR%C3%81FICO%20-%20HEROI%20RELUTANTE|title:http%3A%2F%2Fnabucodeabreu.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2019%2F05%2Fnabucodeabreu.com_.br-Infografico-Jornada-do-Heroi.pdf|target:%20_blank|” button_width=”400″ button_position=”button-center”][/vc_column_inner][/vc_row_inner][vc_empty_space height=”52px”][vc_separator][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][tek_sectiontitle st_title=”Curtiu esse conteúdo?” st_title_tag=”” st_subtitle=”Tem alguma dúvida ou experiência que complemente esse artigo?
Deixe seu comentário logo abaixo…” st_subtitle_decoration=”” st_separator_enable=”separator_off” st_text_align=”text-center” st_width=”st_fullwidth”][/vc_column][/vc_row]

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *